Dicas pra quem quer viajar, mas não pode gastar muito!!

teste mala


Oiii galera!!!

Hoje eu vou dar algumas dicas do que fazer quando bate aquela vontade de viajar, mas a grana tá curta…

piggy_bank

Bom, você precisa ter em mente que para fazer uma viagem, mesmo que seja um bate e volta no mesmo dia, é preciso ter no mínimo o dinheiro para as despesas com o combustível, o pedágio e alimentação. É basicamente isso.

Mas dá para economizar ainda mais. Se você preferir não gastar com a alimentação prepare alguns lanches, que não estraguem durante o trajeto até o destino escolhido e leve bastante água. EVITE levar comida, o indicado é levar bolachas, salgadinhos e outros tipos de lanches industrializados. No dia anterior coloque a garrafa de água no congelador e assim, no dia seguinte, a água vai manter-se geladinha por horas. Deixe o SEU lixo dentro do SEU veículo.

É claro que isso não é o ideal, nem para o turismo da cidade que você estará visitando e nem para o próprio turista que perde a oportunidade de conhecer a culinária local e também a oportunidade em conhecer restaurantes muito legais, mas isto é só uma “estratégia emergencial”. Não é para virar uma rotina, mesmo porque a alimentação também faz parte da cultura do lugar, é só uma exceção à regra, porque “MONEY que é GOOD nem sempre nós HAVE”.

Aqui no litoral onde eu moro, já vi cenas tão estranhas que nem dá para acreditar, mesmo para quem mora em região de praia…alguns turistas vêm para cá e sem dinheiro para se hospedar em pousadas passam dias dormindo dentro do próprio carro, vejo pessoas levando comida para a praia, mas é comida mesmo tipo arroz, feijão, carne, ovo, e uma infinidade de outras coisas que saem de um grande isopor… muitos deixam o lixo nas areias da praia e às vezes passam dias só tomando banho no chuveirinho da orla… e alguns ainda dormem nas ruas mesmo, fazem de suas malas um travesseiro e usam toalhas como cobertas, pode isso?

Ah, sei lá, acho que pode… este tipo de atitude choca um pouco os moradores da cidade, mas muita gente já está habituada a só viajar assim… cada cabeça uma sentença…

Então, vamos aos trabalhos…

Se você escolher um destino que fique aproximadamente de 3 a 4 horas de distância da sua cidade, dá para sair bem cedo de casa, tipo umas 4 horas da manhã e chegar ainda bem cedo ao seu destino.

As cidades do interior, mesmo as muito pequenas, costumam ter um mínimo de atrativos para receber o turista que vai conhecer o local e várias opções de lazer.

Faça uma pesquisa antes de pegar a estrada para saber o que de melhor aquela cidade oferece.

1 – Cachoeiras e rios

É bem fácil encontrar cachoeiras e rios que não cobram nada pela visitação e o acesso normalmente é bem sinalizado. Até as que estão localizadas em estradas de terra costumam ser fáceis de serem encontradas. Outras cachoeiras e rios não são gratuitas mas cobram uma taxa bem barata que cabe no bolso de todo mundo. Estas costumam cobrar aproximadamente R$ 3, R$ 5 e 10,00, por exemplo, e normalmente oferecem estrutura para passar o dia como sanitários e até área para preparo de refeições.teste cachoeira

2 – Parques Municipais

Outra opção de lazer são os Parques Municipais, que oferecem boa infraestrutura e dá para passar o dia lá. Alguns parques tem lagos, jardins, fontes de água, playground para as crianças e outros tem até redário e estrutura para fazer churrasco. Alguns parques não cobram entrada e outros cobram uma taxa do visitante bem baratinha.

3 – Mirantes

Em cidades de serras sempre há um ou mais mirantes com vista espetacular. O acesso normalmente é gratuito e esta é uma atração que agrada a todos. Nestes mirantes dá para ir de carro, bicicleta, trenzinho e em alguns até de teleférico.

4 – Cristo Redentor

Não é só no Rio de Janeiro que podemos ver a estátua do Cristo Redentor. Em muitas cidades do interior é possível teste cristoencontrá-las e é muito legal ver um monte de gente aos pés da Imagem pousando para fotos fazendo a clássica pose  de braços abertos embaixo do Cristo. A visitação costuma ser gratuita.

5 – Picos

Se na cidade que você estiver visitando tiver um pico, VÁ! Não deixe esta oportunidade passar. A vista é incrível, dá para ter uma visão de várias cidades e o som que o vento faz lá em cima misturado com o silêncio do pico é demais. Dependendo da altitude, parece que as nuvens passam bem pertinho da gente e é muito legal ver os praticantes de teste paraquedavôo livre saltando naquela imensidão azul do céu. Os picos que são de fácil acesso não precisam de guia portanto não é preciso pagar pelo serviço.

6 – Igrejas

Isso mesmo, igrejas. Toda cidade do interior tem uma, duas ou muitas igrejas. Não é preciso ser religioso para visitar uma. As igrejas costumam ficar abertas durante o dia e você pode ir até lá para tirar fotos de todas elas, por dentro e por fora. É bem legal ver as pinturas das paredes ou do teto, os vitrais, as muitas imagens de santos, algumas que teste churchestão presentes naquele local desde a sua fundação e assim conhecer até um pouco da história da cidade.

7 – Praças

Não se espante com esta indicação de lazer, mas nas cidades do interior as praças podem ser consideradas o point do lugar. Algumas praças são mais agitadas, geralmente há um grande número de jovens no local. Alguns ouvindo música, outros praticando esportes e estas pracinhas costumam ter comércio em volta como lanchonetes, sorveterias, carrinhos de lanches e feiras de artesanato. Outras praças são mais tranquilas. Dá para ver muitas famílias, crianças brincando, casais namorando ou só pessoas descansando nos bancos. E ainda tem aquelas onde estão localizadas as igrejas, parques, coretos, feiras livres e até palco para as manifestações culturais da cidade. Para quem gosta de mais agito ou quem procura sossego, em todas estas praças você vai encontrar belos jardins, muitas árvores e poder ouvir o canto dos passarinhos, que por si só já é uma atração à parte nas cidades de interior.

8 – Museus    

Para terminar, aconselho que você faça uma pesquisa e procure por museus com entrada franca. Há muitos locais que não cobram ingresso ao visitante e ainda oferecem um mundo de informações. Seja sobre as suas cidades ou sobre um nicho específico, cultura nunca é demais e de graça então, é melhor ainda…

Viu só como dá para passar um dia bem agradável sem gastar muito? Em família, com amigos, em casal ou até mesmo sozinho, se você tiver disposição e mente aberta para as coisas boas (e baratas) da vida, dá para se divertir com pouco dinheiro e levar as boas lembranças para o resto da vida. A vida da maioria das pessoas é tão cheia de stress, correria e problemas que o simples fato de você poder sair de casa e vivenciar bons momentos em um lugar diferente, ver outras pessoas e sentir outros aromas, nem que seja por poucas horas, já faz a vida ficar mais leve.  Faça o teste, a sua semana vai começar de outro jeito, com mais disposição para o trabalho e com certeza a lembrança deste dia agradável vai ficar guardado para sempre na memória.

Viaje sempre que puder, tire muitas fotos, guarde as boas lembranças e SEJA FELIZ!!!

assinatura blog bonequinha
icone instagram instagram.com/viajandopelointerior

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *